Quando quase acabou o mundo

10 de setembro de 2010 § 10 Comentários

Ano passado foi posto em atividade o Grande Colisor de Hádrons, ou LHC, lá na França. O dia não lembro exatamente, mas sei que foi às 4h, horário de Brasília. Na época, circulou o boato que a colisão de prótons poderia acarretar no fim do mundo. Aproveitei para fazer uma brincadeira.

Após a janta do internato, aproveitando que todos os moradores estavam reunidos naquele momento, quem quisesse podia dar avisos. Antes da janta, avisei o plantão que queria falar. Assim feito, depois que todos haviam jantado, o plantão me autorizou a falar. Levantei-me e disse, mais ou menos assim:

“Talvez nem todos saibam, mas nesta madrugada, por volta das quatro horas, será ativado o Grande Colisor de Hádrons. Ele irá colidir prótons e, dentre os possíveis resultados, o mundo pode acabar. Então eu queria pedir aqui que todos aproveitem esta noite para dizer a quem ama o que sente, para dizer aos amigos o quanto são indispensáveis. Assim sendo, digo aos meus amigos aqui presentes que os amo muito, e que fui muito feliz por todos os momentos que passei ao lado de vocês.”

Em seguida, houve uma grande variedade de reações. Primeiro aquela típica “do que esse maluco está falando?”. Após, surgem as primeiras risadas e, em seguida, uma grande leva delas. E eu imaginei que fosse terminar por aí. Não. Na saída, era possível ver olhos lacrimejados. Se de rir ou de medo não sei, mas que havia choro ali, havia. Tive de responder a muitas pessoas sobre o que era o tal do LHC. E, também, tive de dar muitos e muitos abraços.

Incrivelmente, minha brincadeira sensibilizou a muitos. Não eram todos agindo como eu, Marquitos e Mc Ricardo, unicamente querendo dar risadas (inclusive combinamos de acordar às 4h pra ver se o mundo acabava, mas ninguém levantou). Muitos realmente saíram assustados, declarando amizades por aí afora. Foi um verdadeiro festival de abraços. Os cristãos mais exaltados me olhavam com uma ira demoníaca nos olhos, como se eu estivesse torcendo para que os humanos fossem mais rápidos e acabassem com o plano divino do arrebatamento.

O mundo não chegou a acabar, é verdade. O LHC até quebrou, pouco depois. A tal colisão foi adiada. Para 2012, dizem as más línguas. Restou uma divertida memória, alguns bons abraços. E aqueles cristãos puderam dormir tranquilos sabendo que ainda virá o dia em que Deus os levará para junto dEle.

(Esse texto foi escrito ano passado. Lembrei dele pois há dois anos atrás o LHC era criado.)

Anúncios

§ 10 Respostas para Quando quase acabou o mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Quando quase acabou o mundo no Loco de especial.

Meta

%d blogueiros gostam disto: